//////////////

O ônibus subiu a Bahia e virou na Afonso Pena, â direita. Logo em seguida, nos blocos gêmeos Sulacap e Sulamérica, um ponto de parada. Desce um jovem, atravessa a avenida e acende automaticamente um cigarro. Entra numa loja. Após se acostumar com a escuridão contrastante com a luz outonal de fora se aproxima da vendedora que assistia a tudo, imóvel, do seu balcão.
Chega mais perto e lhe entrega um bilhete manuscrito. E sai da loja, sem dizer palavra.

pela primeira vez entendi o que você quis dizer. Apossou-se de mim uma profunda tristeza. Fui para o quintal e as plantas são testemunhas de como eu me sentia. Pela primeira vez percebi que definitivamente você não quer fazer parte de meus planos. E de tudo que pude perceber ao mesmo tempo era uma coisa boa e uma ruim. A boa é mostrar minha capacidade de amar, a outra se refere ao fato de que a pessoa escolhida, você, não compartilha do mesmo sentimento, da mesma crença. Foda-se. Não contar com você no dia a dia não é motivo pois de expressão. Não mais do que você lê agora. É isso.”

(vou me amarrar a esse espaço restrito até onde chega a fumaça de meu cigarro
toda minha ação se dará até onde chegam meus braços.
e nesse confinamento talvez eu consiga repousar finalmente, sem padrinhos, sem bússola, sem vontade, sem desejos e sem cama.

deixo as ruas para a marginalidade, a hipocrisia e a necessidade.
entre o rumor da multidão e o silêncio dos sem-voz, fico ali mesmo.
os casais em procissão que sigam seus caminhos,
os desvalidos, que façam sua revolução.

no meio do riso e do ódio, fico de lado na coluna de anúncios da praça, parado feito um poste.
que as instituições se fodam e que o esgoto gordurento e fedido (não) me encontre
que o sol dos poetas se parta em mil e a primavera se faça inverno
que a estagnação seja mais que a fluidez e que o amor morra na guerra
que não haja hospital nem motel.
assim vou esperar a madrugada na qual serei abandonado, consolado por idéias
de desamparo e ruína (espero que a chuva chova sobre vocês também).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: