////////////////////

somos livres – e algo atentos – para dizer que o conservadorismo entranhado no grosso da população nacional é a maior desgraça que vem assolando o nosso querido Brasil, há quinhentos anos. seja rico, pobre ou remediado ou classe média (esta que a professora Chauí desnuda com propriedade), todos “incorrem na corrente”. se os primeiros têm o que conservar, o que dizer dos despossuídos ou recém-chegados ao tal mercado? imbecis ou idiotas?
inclui-se, na acepção que queremos deixar, tudo que vem a reboque (não necessariamente na ordem abaixo e nem mesmo como uma lista encerrada):
baixa autoestima, que obriga cada um a se enxergar olhando para os que estão no “andar de cima social” como o modelo (esquecendo-se de que o espelho não mente),
desídia (indolência, preguiça, desleixo, segundo Caldas Aulete) em procurar algo mais além do rebanho (inclusive na hora de votar, por isso não exclui os candidatos flagrantemente desonestos),
hipocrisia,
medo de ser feliz,
ódio aos “diferentes” (principalmente se for um dos iguais que não lograram o êxito que supõe-se a procura a ser perseguida), etc.

o conservadorismo, entranhado no grosso da população e exposto no dia a dia nos vários locais de (des)encontros sociais: escritórios, ruas e praças, igrejas (e garagens), comércios, escolas de todos níveis, quartéis, casas, alcovas, é o que vem ceifando vidas, fisicamente mas também nos sonhos.

o que se pode esperar de uma sociedade elitista, escravista, ignorante e violenta? o link abaixo nos mostra algo, se se quer ver.

http://www.visionofhumanity.org/#/page/indexes/global-peace-index

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: